sábado, março 31, 2012

É apenas um primeiro encontro
































...é apenas um primeiro encontro - um desses primeiros encontros, encantadoramente embaraçados, em que o muito que se sente é sobretudo expresso pelo pouco que se diz.
Eça de Queirósp



indaro

sexta-feira, março 30, 2012

Teus olhos cruzaram Oceanos






Teus olhos, Honorine, cruzaram Oceanos,
Longamente tristes, sequiosos,
Como flor aberta na sombra em busca do sol.
Vieram com o vento e com as ondas.
Através dos campos e bosques de beira-mar.
Vieram até mim, estudante triste
Dum país do Sul.

Ruy Cinnati


 
pindaro

Subo por ti de ramo em ramo




























Cala-te, a luz arde entre os lábios,
e o amor não contempla, sempre
o amor procura, tacteia no escuro,
essa perna é tua?, esse braço?,
subo por ti de ramo em ramo,
respiro rente á tua boca,
abre-se a alma à lingua, morreria
agora se mo pedisses, dorme,
nunca o amor foi facil, nunca,
também a terra morre.

Eugénio de Andrade

pindaro

De soslaio




























Há pensamentos tão delicados que não deveriam ser pensados.
Novalis 

pindaro

quinta-feira, março 29, 2012

Os possíveis do homem




























Os possíveis do homem, quem os conhece ? Mas todos eles são reais quando a arte os fixou.
Vergílio Ferreira

pindaro

quarta-feira, março 28, 2012

Numa estátua de mim em corpo vivo






Converta-me a minha última magia
Numa estátua de mim em corpo vivo!
Morra quem sou, mas quem me fiz e havia,
Anônima presença que se beija,
Carne do meu abstrato amor cativo,
Seja a morte de mim em que revivo;
E tal qual fui, não sendo nada, eu seja!
 
fernando pessoa
 
pindaro

Sistemas de poda em fruteiras




























Aprendi com as Primaveras a me deixar cortar
para poder voltar sempre inteira.
Cecília Meireles


pindaro

terça-feira, março 27, 2012

O mar e o inferno






Nunca o olho do ávido dirá, assim como não o dizem jamais o mar e o inferno: a mim basta
Matéo Alemán

Pindaro

segunda-feira, março 26, 2012

Com a riqueza de uma qualidade psíquica


 
























A fotografia é uma imagem física, com a riqueza duma qualidade psíquica.
Edgar Morin

pindaro

Castelos de areia









































Castelos de areia, os meus triunfos?...De que coisa essencialmente divina são os castelos que não são de areia?
Bernardo Soares


pindaro

domingo, março 25, 2012

Turn her into literature



























There are only three things to be done with a woman. You can love her, suffer for her, or turn her into literature.
Lawrence Durrell

pindaro

Destinos secretos





Todas as viagens têm destinos secretos de que o viajante não se apercebe.
Martin Buber



pindaro

sábado, março 24, 2012

But only one is there who knows







Bullfight critics ranked in rows
Crowd the enormous Plaza full
But only one is there who knows
And he's the man who fights the bull.


Domingo Ortega


Pindaro

sexta-feira, março 23, 2012

Puesto que de dos modos es la vida



















Sabras que no te amo y que te amo
Puesto que de dos modos es la vida,
la palavra es un ala del silencio,
el fuego tiene una mitad de frio.

Yo te amo para comenzar a amarte,
para recomenzar el infinito
y para no dejar de amarte nunca:
por eso te amo todavía.

Te amo y no te amo como si tuviera
en mis manos las allas de la dicha
y un incierto destino desdichado.

Mi amor tiene dos vidas para amarte.
Por eso te amo cuando no te amo
y por eso te amo cuando te amo.

Pablo Neruda



pindaro

quinta-feira, março 22, 2012

A certain relation to the world



























To photograph is to appropriate the thing photographed. It means putting oneself into a certain relation to the world that feels like knowledge - and, therefore, like power.
Susan Sontag


pindaro

Histórias e verdades







Histórias de sempre, verdades de nunca.
Jean Cocteau


pindaro

Cada uno está solo







Cada uno está solo sobre el corazón de la tierra,
traspasado por un rayo de sol:
y de pronto es de noche.

Salvatore Quasimodo



pindaro

Passa-te por mim





Não me despertes se durmo e, se estou acordada, não me adormeças.
Calderón de la Barca


pindaro

quarta-feira, março 21, 2012

Hay besos



 



Hay besos que pronuncian por sí solos
la sentencia de amor condenatoria,
hay besos que se dan con la mirada
hay besos que se dan con la memoria.

Hay besos silenciosos, besos nobles
hay besos enigmáticos, sinceros
hay besos que se dan sólo las almas
hay besos por prohibidos, verdaderos.

Hay besos que calcinan y que hieren,
hay besos que arrebatan los sentidos,
hay besos misteriosos que han dejado
mil sueños errantes y perdidos.

Hay besos problemáticos que encierran
una clave que nadie ha descifrado,
hay besos que engendran la tragedia
cuantas rosas en broche han deshojado.

Hay besos perfumados, besos tibios
que palpitan en íntimos anhelos,
hay besos que en los labios dejan huellas
como un campo de sol entre dos hielos.
Hay besos que parecen azucenas
por sublimes, ingenuos y por puros,
hay besos traicioneros y cobardes,
hay besos maldecidos y perjuros


Judas besa a Jesús y deja impresa
en su rostro de Dios, la felonía,
mientras la Magdalena con sus besos
fortifica piadosa su agonía.
Desde entonces en los besos palpita
el amor, la traición y los dolores,
en las bodas humanas se parecen
a la brisa que juega con las flores.

Hay besos que producen desvaríos
de amorosa pasión ardiente y loca,
tú los conoces bien son besos míos
inventados por mí, para tu boca.

Besos de llama que en rastro impreso
llevan los surcos de un amor vedado,
besos de tempestad, salvajes besos
que solo nuestros labios han probado.

¿Te acuerdas del primero...? Indefinible;
cubrió tu faz de cárdenos sonrojos
y en los espasmos de emoción terrible,
llenaron sé de lágrimas tus ojos.

¿Te acuerdas que una tarde en loco exceso
te vi celoso imaginando agravios,
te suspendí en mis brazos... vibró un beso,
y qué viste después...? Sangre en mis labios.

Yo te enseñe a besar: los besos fríos
son de impasible corazón de roca,
yo te enseñé a besar con besos míos
inventados por mí, para tu boca.

Gabriela Mistral

pindaro

terça-feira, março 20, 2012

Nadie sabe cómo ha sido








La primavera ha venido. Nadie sabe cómo ha sido.
Antonio Machado



pindaro

segunda-feira, março 19, 2012

Núncia de perene primavera






















Nada a fazer, amor, eu sou do bando
Impermanente das aves friorentas;
E nos galhos dos anos desbotando
Já as folhas me ofuscam macilentas;

E vou com as andorinhas. Até quando?
À vida breve não perguntes: cruentas
Rugas me humilham. Não mais em estilo brando
Ave estroina serei em mãos sedentas.

Pensa-me eterna que o eterno gera
Quem na amada o conjura. Além, mais alto,
Em ileso beiral, aí espera:

Andorinha indemne ao sobressalto
Do tempo, núncia de perene primavera.
Confia. Eu sou romântica. Não falto.

Natália Correia


pindaro

domingo, março 18, 2012

Movimento inicial








Adam et Eve furent punis d'être végétariens. Ils auraient dû manger le serpent.
Robert Sabatier


pindaro

sábado, março 17, 2012

A linha de mistério e fogo


















Dá-me a tua mão: vou agora te contar
como entrei no inexpressivo
que sempre foi a minha busca cega e secreta.
De como entrei naquilo que existe
entre o número um e o número dois,
de como vi a linha de mistério e fogo
e que é a linha sub-reptícia.

Entre duas notas de música existe uma nota,
entre dois fatos existe um fato,
entre dois grãos de areia por mais juntos que estejam
existe um intervalo de espaço,
existe um sentir que é entre o sentir
- nos interstícios da matéria primordial
está a linha de mistério e fogo,
que é a respiração do mundo,
e a respiração contínua do mundo
é aquilo que ouvimos
e chamamos de silêncio.

Clarice Lispector


pindaro

sexta-feira, março 16, 2012

Uma forma de conversação







Gosto desta ideia: que o amor é uma forma de conversação em que as palavras agem em vez de serem faladas.
D. H. Lawrence

pindaro

quinta-feira, março 15, 2012

Might have been
























Look at my face; my name is
Might have been;
I am also called
No more, Too late, Farwell.
Brassaí

pindaro

Pequenas escaramuças
























Enquanto se sucediam pequenas escaramuças, que tinham a mesma função que pode assumir no jogo de xadrez, não o movimento mas o olhar que comenta a menção de um movimento por parte do adversário, para o fazer desistir de uma aposta vencedora...

Umberto Eco

pindaro

quarta-feira, março 14, 2012

Ars gratia artis






A arte é a magia libertada da mentira de ser verdadeira
Theodore Adorno


pindaro

terça-feira, março 13, 2012

Não é coisa que se saiba pelas sinas




 

O destino não é coisa que se saiba pelas sinas, nem nada que se modifique com caprichos. O destino de cada indivíduo está por cima do seu próprio caso pessoal.
José de Almada Negreiros


pindaro

Lança o olhar ao longe e ao largo






(...) a umas cinquenta milhas da cidade (de Lisboa) , subindo o rio, fica o ópido de Santarém, de grande antiguidade e muito famoso de entre diversos outros ópidos da Lusitânia. A seu respeito, Plínio testemunha que foi a quinta colónia lusitana e que outrora lhe deram o nome de Praesidium Julium. A nossa gente chama-lhe hoje Santarém. A seu respeito os interessados pelas coisas antigas encontrarão muitos dados no nosso Resende.Porque está localizado no cimo de um monte muito alto, lança o olhar ao longe e ao largo por uma extensa planície, que é dividida ao meio pelo Tejo e cuja terra apresenta extrema fertilidade, pois leva vantagem a todas as outras, por tal modo que escassos trabalhos agrícolas asseguram todos os anos, em vales reduzidos, inacreditáveis quantidades de trigo; a tamanha fertilidade do solo não ficará mal associar um dado, embora dizê-lo a muitos possa parecer difícil de acreditar: é que sessenta dias após ter sido começada a sementeira os cereais num curto período de tempo ficam grados, ceifam-se bem maduros, malham-se e, se for caso disso, moem-se.
Damião de Goes


pindaro

segunda-feira, março 12, 2012

Uma viagem imprevisível





 
A vida não é um problema que possa resolver-se dividindo a luz pela escuridão ou os dias pelas noites, mas sim uma viagem imprevisível entre lugares que não existem.
Stig Dagerman


pindaro

domingo, março 11, 2012

O demónio do artifício

















Mas rapidamente somos abandonados pelo puro espírito da Natureza e apodera-se de nós o demónio do artifício, que sabe sempre insinuar-se em todos os campos.
Johann Wolfgang von Goethe

pindaro

sábado, março 10, 2012

Enjoy the interval







There is no cure for birth and death save to enjoy the interval
George Santayana

pindaro

sexta-feira, março 09, 2012

Ondas e comprimentos





Disse mais do que queria dizer ou entendeu mais do que eu queria que entendesse
William Shakespeare

pindaro

quinta-feira, março 08, 2012

Tus mil imágenes en vuelo


























No solo el hoy fragante de tus ojos amo
sino a la niña oculta que allá dentro
mira la vastedad del mundo con redondo
azoro, y amo a la extraña gris que me recuerda
en un rincón del tiempo que el invierno
ampara. La multitud de ti, la fuga de tus horas,
amo tus mil imágenes en vuelo
como un bando de pájaros salvajes.
No solo tu domingo breve de delicias
sino también un viernes trágico, quien
sabe, y un sábado de triunfos y de glorias
que no veré yo nunca, pero alabo.
Niña y muchacha y joven ya mujer,
tu todas, colman mi corazón, y en paz las amo.

Eliseo Diego


pindaro

quarta-feira, março 07, 2012

Um longo polimento da bestialidade























A carícia é o produto de um longo polimento da bestialidade.
Pierre Reverdy


pindaro

A arte do encontro








A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida.
Vinicius de Morais


pindaro

terça-feira, março 06, 2012

As forças elementares do mundo








(...) Uma espécie de percepção interior, de íntima comunhão de amante apaixonado, capaz de identificar o panasco de Alcaria pelo cheiro ou pelo tacto. A caça fora a maneira de se encontrar com as forças elementares do mundo. E nenhuma razão conseguira pelos anos fora desviá-lo desse caminho. A meninice começara-lhe aos grilos e aos pardais, a juventude e a maioridade passara-as atrás de bichos de pêlo e pena (...)

Miguel Torga

pindaro

segunda-feira, março 05, 2012

Algo así como un misterio







Poesía es la unión de dos palabras que uno nunca supuso que pudieran juntarse, y que forman algo así como un misterio.

Federico Garcia Lorca


pindar

domingo, março 04, 2012

Uma conversação de poucas perfias















"Entre outros homens que naquela companhia se achavam eram nela mais costumados, em anoitecendo, um Letrado que ali tinha um casal e que já tivera honrados cargos de governo da justiça na Cidade, homem prudente, concertado na vida, Doutor na sua profissão e lido nas histórias da humanidade; um Fidalgo mancebo, inclinado ao exercício da caça e muito afeiçoado às coisas da pátria, em cujas histórias estava bem visto; um Estudante de bom engenho, que, entre os seus estudos, se empregava algumas vezes nos da poesia; um velho não muito rico, que tinha servido a um dos Grandes da Corte, com cujo galardão se reparara naquele lugar, homem de boa criação, e, além de bem entendido, notavelmente engraçado no que dizia, e muito natural de uma murmuração que ficasse entre o couro e a carne, sem dar ferida penetrante.

Ao senhor da casa chamavam Leonardo, ao Doutor, Lívio, ao Fidalgo, D. Júlio, ao estudante, Píndaro, ao velho, Solino.

Fora estes havia outros de quem em seus lugares se fará menção, que, assim como os mais, não eram para enjeitar em uma conversação de poucas perfias."

Francisco Roíz Lobo
(Corte na Aldeia)



pindaro

sábado, março 03, 2012

Mais sôfrega se torna






A luxúria é como a avareza: quantos mais tesouros tem, mais sôfrega se torna

Baron de Montesquieu



pindaro

sexta-feira, março 02, 2012

Bordada de astros






Ir beber-te num navio de altos mastros
No mar alto
Ó grande noite alucinada e pura,
Brilhante e escura,
Bordada de astros;


Para ti sobe a minha inquietação e sobressalto,
O meu caos, desilusão e agonia,
Pois trazes nos teus dedos
A sombra, o silêncio e os segredos,
A perfeição, a pureza e a harmonia.

Sophia de Mello Breyner Andresen

pindaro

Geometria e estratégia





Afreguesei-me para lhe captar a benevolência...
camilo castelo branco


pindaro

quinta-feira, março 01, 2012

Navegações




























Uma vez que estes mistérios nos ultrapassam, finjamos ser os seus organizadores.
Jean Cocteau


pindaro

Linha de sombra
























O tempo chega sempre, mas há casos em que não chega a tempo.
Camilo Castelo Branco


Pindaro